Camelos

``Eu quero me apossar do é da coisa`` Clarice L.

Monday, May 22, 2006

perto do fogo.

.
leio-te vezes repetidas e fica se ecoando o mundo em mim.
frio na nuca - emoção pra por em dia.

digo eu, cada dia, cada nuca, cada eco, pra me trazer um novo mundo:
intervem o coração e passo a ler tudo que quero.
intervem a vida e estou pronta pra desconstruir fantasias.

fico eu, dum corpo quebrado, alma que entorpece,
não sou e não serei símbolo de continuidade nenhuma.
não tenho filhos, nem livros.
não terei.

serão para sempre guardanapos descartáveis
e de memórias, igualmente, descartáveis.

Aguento um amor para dar.

enquanto isso
sou
eu,
ser
que evapora
nem pó, nem carvão

pra me sobrar.

1 Comments:

Post a Comment

<< Home