Camelos

``Eu quero me apossar do é da coisa`` Clarice L.

Thursday, May 18, 2006

'e levo a impressão de que já vou tarde.'

seu olhar pousou sobre a mesa, tralhas demais. olhos secos e uma dor de cabeçã pós-desidratação-natural. a música ela inventava. silêncio do absurdo - agonia. tropeçou com a mente pelo quarto e sentiu os efeitos leves da sanidade. lentidão. profundidade.

- eu vou pirar, ai meu bem, eu vou pirar, e tudo para salvar o mundo.

esquizofrenia era o dado. compulsão e bipolaridade. cheiro de médico - não agrada - arrancou as roupas e quis sentir o frio, pele, pelos, corpo, anestesia geral. plantou-se na imagem de um esqueleto limpo e bem tratado - pouco tempo - logo ressucitou com o relógio anunciando as duas pilulas, - não daquela vez. abriu as capsulas: pó de mofo para o cérebro. enfileirou grão por grão, se curvou sobre a mesa e devorou a tragédia.

droga alternativa.

- agora na veia, traga-me sexo por favor.

2 Comments:

  • At 18 May, 2006, Blogger aninha said…

    "We were talking...
    about the space between us all
    and the people who hide themselves behind a wall of illusion,
    never glimpse the truth,
    when it's far too late...
    when they pass away.....

    We were talking
    about the love thats gone so cold
    And the people who gain the world and lose their soul
    they dont know
    they cant see..
    Are you one of them?..."

    beatles - within you, without you

     
  • At 19 May, 2006, Anonymous Alice said…

    Como voce consegue me deixar tanto sem palavras?!

     

Post a Comment

<< Home